Quem Somos

O RESTAURANTE

Restaurante Casa dos Contos, tradição que combina arte e qualidade.

Cultura, excelência na gastronomia, zelo no atendimento e na preparação dos pratos são alguns dos ingredientes que encantam os clientes e fazem o reconhecimento do restaurante Casa dos Contos desde 1975.

Com a estrutura aprimorada para melhor servir aos clientes e uma nova filial no Shopping Cidade, a Casa dos Contos prima pelo aprimoramento dos pratos a la carte, sempre mantendo a essência do sabor, da tradição e da qualidade.

Da cozinha nascem os ícones da gastronomia belo-horizontina, tais como os requintados Filet à Novo Sul (filé grelhado recheado, ao molho madeira, com pasta de gorgonzola e ervas de Provença, purê de pêra, batata palha e arroz com passas) e Salmão Selvagem (salmão grelhado, risoto selvagem e batata sauté); e os tradicionais Filet à Parmegiana (filé empanado, molho ao sugo, mozarela, palmito, purê de batata e arroz) e Filet Surprise (filé recheado com presunto e mozarela, risoto de frango ou arroz piemontês, batata frita, ovo e banana à milanesa).

Em sua ambientação prevalece o charme e o forte clima cultural, social e político que expõe, mensalmente, diversas obras de artistas plásticos e reúne, constantemente, intelectuais e artistas. São mais de três décadas integrando a história da capital mineira.

 >> HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO << 
SAVASSI - Segunda a quinta: de 11h30 as 2h; Sexta e sábado: de 11h30 as 4h; Domingo: de 11h30 a 1h
SHOPPING CIDADE - Segunda a sábado: das 9h às 22h; Domingo: das 10h às 22h
A HISTÓRIA

História da Casa:
(fonte: ESTADO DE MINAS)
A Casa dos Contos foi fundada em outubro de 1975 pelo empresário Memo Biagi. A princípio funcionava na rua Santa Rita Durão, entre Pernambuco e Paraíba, numa antiga casa que acabou demolida para dar lugar a um prédio. Em 1984, o empresário Antônio Edmar Roque adquiriu o restaurante, que passou a adotar o perfil de cozinha variada. Com o tempo, a Casa dos Contos se tornou um ponto de referência para o encontro de profissionais do teatro, música, literatura e artes plásticas. Também por esta razão, a Casa dos Contos vem servindo informalmente como uma galeria de arte com programação regular.

História do Nome:
Vinculada ao Ministério da Fazenda, a Casa dos Contos de Ouro Preto é um casarão de 1784, palco das arrecadações tributárias. Originalmente foi construída para residência de contratos do arrematante João Rodrigues de Macedo, uma das maiores fortunas da Colônia no século XVIII. Em 1792, encontrando-se Macedo em débito com a Real Fazenda o prédio se tornou patrimônio público. Preservando, hoje, a documentação econômico-fiscal do Ciclo do Ouro e a arquitetura barroca.

Atualmente, a Casa dos Contos se tornou sede disponível de um rico acervo cultural, promovendo as artes e a cultura nacional. O que antes servia ao fisco e à moeda vigente, hoje disponibiliza conhecimento histórico e artístico, abrigando um belo museu e salões destinados a conferências e exposições que divulgam um pouco mais esse amplo potencial cultural do estado das Minas Gerais.

E é nessa ambientação cultural que o Restaurante Casa dos Contos faz o seu nome. Destino certo de artistas e intelectuais mineiros. Um ícone da gastronomia belo-horizontina que, dos contos de réis aos contos culturais, sociais e políticos, continua a fazer história no circuito tradicional de Belo Horizonte, desde 1975.